Grupos de Trabalhos

GRUPOS DE TRABALHO

 

GT-1 – Gestão Governamental, Organizações Públicas e Inovação

Este GT constitui espaço de discussão de papers relacionados às perspectivas e desafios da gestão governamental, organizações públicas e inovação. São bem-vindas contribuições que versem sobre a temática enunciada, tanto do ponto de vista empírico quanto teórico. Serão aceitos trabalhos relacionados aos seguintes temas: capacidades estatais, arquitetura institucional, modelo de gestão, inovação, relacionamento e colaboração (redes, sociedade-Rede, Estado-Rede governança em rede, gestão do desempenho e valor público (estratégia, alinhamento, monitoramento e avaliação), construção de capacidades e arranjos de governança para lidar com desafios atuais e dinâmicos. Também são bem-vindas contribuições que analisem o funcionamento e organização do setor público brasileiro, bem como estudos comparados com outros países que abordem temáticas como a governança pública, capacidades burocráticas, financeiras e organizacionais, facilitadores e barreiras da inovação no setor público, inovação na prática: métodos e ferramentas de design thinking aplicados ao setor público.

 

GT-2 – Análise de Políticas Públicas e a Agenda de Reformas

O Grupo de Trabalho acolhe artigos cuja área de interesse seja as políticas públicas e a agenda brasileira de reformas. Alguns dos tópicos a seguir comunicam a principal preocupação deste GT: a política pública (policy), seus tipos e relações com os processos políticos (politics); abordagens teóricas e modelos de análise no campo; fases do ciclo das políticas públicas; mecanismos e instrumentos de coordenação; capacidades do Estado na produção de políticas públicas por meio da análise dos arranjos institucionais de implementação; aspectos relacionados à continuidade e mudança das políticas públicas; e compreender os desafios da produção de políticas públicas no Brasil contemporâneo; ambiente político-institucional brasileiro; os atores das políticas públicas; o papel dos interesses, das ideias e das instituições; definição da agenda governamental; formulação e os instrumentos da ação pública; o processo decisório; políticas públicas baseadas em evidências; implementação de políticas públicas; coordenação de políticas públicas; a dinâmica das políticas públicas: path dependence e mudança endógena; reformas econômicas e desenvolvimento; reforma trabalhista; reforma da previdência; reforma tributária; reforma administrativa.

 

GT-3 – Finanças Públicas, Transparência e Combate à Corrupção

O grupo está aberto a contribuições empíricas e teóricas nas seguintes áreas temáticas: finanças públicas; combate à corrupção; mecanismos de transparência e accountability; entidades fiscalizadoras superiores; evolução do controle externo da administração e das políticas públicas pelos tribunais de contas; perspectivas e propostas para o controle da administração pública no Brasil; panorama das finanças públicas; teoria e normas orçamentárias; sistema orçamentário brasileiro; processo orçamentário; Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF); orçamento e gestão; federalismo, federalismo fiscal, federalismo e políticas públicas: descentralização; transferências intergovernamentais; Novo Regime Fiscal e Regime de Recuperação Fiscal dos Estados e do Distrito Federal.

 

GT-4 – Justiça e Questões Sociais da Administração Pública Brasileira

O GT encoraja a submissão de trabalhos sobre a administração da justiça e os desafios de gestão no Poder Judiciário; papers com abordagens quantitativas e qualitativas na avaliação da performance do Judiciário; mediação; arbitragem e outros métodos adequados de solução de conflitos; policy process no Poder Judiciário; pesquisas e análises sobre práticas de gestão que envolvam as etapas de formulação, implementação, monitoramento e avaliação de políticas públicas de educação, saúde e segurança pública.

Associada e indexada à